Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/01/13 às 13h45 - Atualizado em 1/11/18 às 16h32

Redução do número de acidentes aponta que os condutores estão mais cautelosos

A diminuição de 18% das vítimas fatais nas DF’s é resultado da eficiência na engenharia de trânsito, fiscalização e campanhas educativas

Brasília, 15 de janeiro de 2013 – O número de acidentes com mortes nas rodovias distritais, que são controladas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), diminuiu no ano de 2012. O DER aponta, preliminarmente, uma redução de 12,5% de acidentes com vítimas fatais e 18% de vítimas mortas em relação ao ano de 2011, onde ocorreram 200 acidentes com mortes e 227 vidas interrompidas pela violência do trânsito. Já em 2012, esses dados apontam, respectivamente, 175 e 186 registros. Segundo o superintendente de Trânsito do DER, engenheiro Murilo de Melo Santos, essa diminuição deve-se a esforços conjuntos de várias áreas que envolvem o trânsito. “Foram 41 mortes a menos. Este resultado é fruto de ações integradas envolvendo a engenharia, a fiscalização e a educação para o trânsito”, ressalta Melo. 

 grafico

grafico02

Capacitação de servidores

Em 2012, o DER treinou e capacitou mais 26 agentes de trânsito, totalizando 81 profissionais atuantes nas rodovias distritais, controlando o tráfego e verificando as irregularidades cometidas por motoristas infratores. Os agentes têm atuado, sobretudo, na fiscalização de pontos estratégicos como a DF-002 (EIXÃO), DF-075 (EPNB) e DF-085 (EPTG), vias com grande circulação de veículos. A inauguração do Centro de Controle Operacional, que age nas atividades de visualização dos principais eventos no trânsito, por meio das 06 câmeras de monitoramento instaladas nas principais rodovias do DF – nos entroncamentos da DF-003 (EPIA) com a DF-095 (EPCL) e com a DF-075, na DF-002 sul e norte, na DF-075 e na DF-085 no entroncamento com a DF-087 (EPVL) – também tem colaborado na redução de número de acidentes, proporcionando a ação rápida dos agentes de trânsito no caso de ocorrências.

Ações conjuntas

A ação integrada com o Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) também tem contribuído para uma melhor percepção de segurança viária. Cabe destacar ainda a Operação Funil, que é realizada ao longo do ano e tem apresentado resultados satisfatórios. Esta operação é um trabalho integrado de fiscalização para coibir a embriaguez ao volante, onde foram realizadas 72 atividades em parceria com o Departamento de Trânsito do DF (DETRAN/DF), com o Batalhão de Policiamento (BPTRAN), com o BPRv e com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

            As atividades de educação para o trânsito foram intensificadas pela Escola Vivencial de Trânsito (Transitolândia) por meio da realização de diversas campanhas e palestras educativas e apresentações teatrais, com destaque para os temas: “Uso do Cinto de Segurança por Todos os Passageiros do Veículo”, “Circulação na Faixa de Pedestre”, “Campanha Educativa com Ciclistas”, “Campanha Educativa em Passarelas”, “Campanha Educativa com Motociclistas” e “Campanha Educativa com Caminhoneiros”, totalizando 221 escolas atendidas, com um público de mais de 49 mil participantes, entre educadores e alunos, e com a abordagem de 13.382 pedestres, 1.474 motociclistas, 1.867 ciclistas e 44.004 motoristas.

Entre as rodovias que tiveram seu índice de violência no trânsito reduzido, destacamos a DF-085 (EPTG), que teve sua sinalização vertical intensificada por meio da implantação de placas e pórticos, a instalação de sinalização horizontal com implantação de tachas refletivas e a instalação de defensas metálicas, bem como a implantação de equipamentos de fiscalização eletrônica (pardais). Tais ações, aliadas à fiscalização com a presença constante de agentes de trânsito do DER/DF e do BPRv, contribuíram para a redução de acidentes com mortes nesta via. Em 2011, foram 13 acidentes fatais com 13 mortes registradas. Em 2012, este número reduziu para 06 registros, sendo a média histórica (últimos 13 anos) de 10 mortes anuais. A rodovia DF-095 registrou apenas 2 acidentes fatais com duas mortes ao longo do ano. É o melhor resultado desde que o DETRAN-DF implantou o Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito – SAT.

A relação do número de mortes no trânsito pelo número de acidentes fatais é o menor desde que foi instituído o Sistema de Informações. Isto significa que os acidentes de trânsito foram menos graves do que nos anos anteriores, ou seja, provocaram menos vítimas.

grafico03

O diretor-geral do DER-DF, Fauzi Nacfur Júnior acredita que os motoristas estão mais conscientes do que em anos anteriores. “Pelo segundo ano consecutivo, as vias administradas pelo DER-DF registraram redução do número de acidentes fatais e do número de mortes”, completa Nacfur.

Nota: Os dados de 2012 são preliminares. Os valores de dezembro/2012 ainda podem sofrer variações, tendo em vista que a metodologia do DETRAN faz o acompanhamento da situação da vítima não fatal até 30 dias após a data do acidente.

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500