Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/08/16 às 13h52 - Atualizado em 1/11/18 às 16h28

Os restos da rocha detonada vão ser aproveitados no aterro das obras na saída norte

 

*De Vinícius Brandão, da Agência Brasília

(Brasília, 01/08/16) As pedras que se formaram após as duas detonações da rocha feitas na saída norte serão usadas no aterro das obras da Ligação Torto-Colorado. O reuso e a logística do transporte — uma vez que as pedras resultantes da explosão já estão no local — reduzirão o orçamento das construções de rodovias que pretendem desafogar o trânsito na região, por onde passam 100 mil motoristas por dia.

“A gente economiza porque não tem que fazer o transporte de toneladas de carga”, explicou Geraldo Silva, superintendente de obras do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). A pedra gigante, de acordo com ele, fornece um material resistente que serve para os trabalhos na Ligação Torto-Colorado e no Trevo de Triagem Norte. O aterro será de aproximadamente 19 metros, o que permite o uso das pedras sem precisar processá-las. Elas serão cobertas por terra para que, depois, se construa sobre elas as rodovias.

Segundo o Superintendente, só será possível dizer o valor economizado depois que a rocha – de 100 metros de cumprimento, 70 metros de largura e 8 metros de profundidade – estiver completamente dinamitada. Foram usadas 4,5 toneladas de dinamite nas duas detonações da pedra gigante, que ainda deve passar por mais seis explosões.

As obras da Ligação Torto-Colorado e do Trevo de Triagem Norte

Serão dez obras no Trevo de Triagem Norte, entre pontes, viadutos e túneis, feitas para distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, levando ao Eixo Rodoviário Norte-Sul, à W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à L2. Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado — construção de uma pista marginal à DF-003 e novos acessos aos condomínios —, serão 23 intervenções. No total, as benfeitorias vão custar R$ 207 milhões — R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do governo de Brasília e R$ 10 milhões da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

Conheça os projetos do trevo de triagem norte e o do sistema viário de ligação Torto-Colorado: http://goo.gl/urUcZF

 


Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500