Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/03/21 às 14h21 - Atualizado em 5/03/21 às 14h21

Operação Quinto Mandamento divulga balanço do bimestre

Quase 2 mil pessoas foram abordadas em ações coordenadas pelas forças de segurança do DF

 

Segurança reforçada em todo o DF: operação envolve diversos órgãos do governo | Foto: Divulgação/SSP

 

Quase 2 mil abordagens pessoais e 500 veículos fiscalizados, 270 estabelecimentos comerciais vistoriados e outros 154 orientados sobre a importância das saídas de emergência para evitar acidentes. Os números fazem parte do balanço da operação Quinto Mandamento no primeiro bimestre de 2021.

 

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), a ação, que ocorre de forma contínua aos finais de semana, tem como objetivo a redução dos crimes contra a vida – homicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio. A operação reúne representantes das forças de segurança – polícias Civil (PCDF) e Militar (PMDF), Departamento de Trânsito (Detran) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) –, da Secretaria DF Legal e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

 

“A Quinto Mandamento foi pensada para que os números de crimes contra a vida sejam cada vez menores”, explica o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres. “A atuação das polícias e a presença do Estado nessas regiões refletem numa maior sensação de segurança por parte da população. Além disso, as ações acabam resultando na apreensão de drogas e armas, contribuindo ainda com a redução de crimes contra o patrimônio, como roubos e furtos.”

 

Os locais da operação são definidos a partir de análise técnica, levando em consideração aqueles com maior incidência criminal, e também por meio de relatórios de inteligência policial preparados pelas subsecretarias de Inteligência (SI) e de Gestão da Informação (SGI). A coordenação fica por conta da Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi) – todas essas unidades vinculadas à SSP.

 

Nos últimos dois meses, as equipes estiveram em Samambaia, Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol, Taguatinga, Gama, São Sebastião, Paranoá/Itapoã, Planaltina, Sobradinho, Santa Maria, Núcleo Bandeirante/Candangolândia, Vicente Pires, Brazlândia, Sobradinho II/Fercal, Guará e Estrutural.

 

Abordagens policiais

 

O efetivo empregado na operação durante esse período chegou a 1.263 servidores, com uso de 458 viaturas. De forma conjunta, a PMDF e a PCDF abordaram 1.980 pessoas e fizeram a checagem de 190 veículos. “Durante as abordagens, tanto pessoais quanto veiculares, é feita a verificação de documentos, como Carteira de Habilitação e registro do veículo”, informa o secretário executivo de Segurança Pública, Júlio Danilo. “Os policiais atestam ainda se há mandado de prisão em aberto. Esse trabalho é essencial para retirar das ruas indivíduos com algum envolvimento com o crime”.

 

Bombeiros

 

Nesses dois meses, os bombeiros fiscalizaram 154 estabelecimentos comerciais. Um deles foi notificado e outros 66 receberam orientações sobre a importância de manter em dia a documentação e cumprir exigências, como sinalização das saídas de emergência.

 

Detran

 

O Detran, com apoio do DER e da PMDF, consultou 281 veículos durante abordagens em pontos de bloqueios colocados na entrada e saída das cidades. Foram emitidas 234 autuações, tendo sido removidos 34 veículos ao depósito por apresentarem inconsistências. “É muito importante poder contribuir com a redução de crimes no DF e ainda reforçar as ações para diminuir acidentes de trânsito”, avalia o diretor de Fiscalização do DER, Sinomar Ribeiro.

 

DF Legal

 

Com apoio policial, a Secretaria DF Legal abordou 270 estabelecimentos comerciais. O número de comércios fechados por aglomeração de pessoas, falta de uso de máscaras e menores de idade no local foi 56. Outros 54 foram interditados.

 

“Estamos participando junto aos órgãos de segurança desde o início da Quinto Mandamento, e nesse período focamos em ações de fiscalização das medidas sanitárias para evitar a covid-19, além de verificar documentação, como licenciamento”, complementa o subsecretário de Atividades Econômicas da DF Legal, Francinaldo Oliveira.

 

*Com informações da SSP

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500