Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/02/21 às 16h39 - Atualizado em 2/02/21 às 11h00

Duplicação da estrada DF-250 se torna realidade

Investimento é de R$ 11,6 milhões para evitar acidentes e melhorar a mobilidade dos 25 mil usuários. Obra deve gerar 400 oportunidades de emprego

Empresa selecionada terá seis meses para executar a obra da DF-250 | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

A tão esperada duplicação da DF-250 está prestes a se tornar realidade para os moradores do Itapoã e do Paranoá. Após 20 anos de espera, o aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta sexta-feira (29). O investimento no trecho de 5,3 quilômetros, entre a DF-001 (EPCT) e a DF-015 (EPTM) até o acesso a Sobradinho dos Melos, será de mais de R$ 11 milhões. Os serviços devem gerar 400 oportunidades de emprego.

 

“É uma demanda antiga da nossa cidade. Há anos pedimos por essa obra e, agora, finalmente fomos contemplados”, comemora o morador do Itapoã, Fernando Oliveira, 40 anos. “Muitas pessoas perderam entes queridos nesta rodovia, pois acontecem muitos acidentes. A duplicação da DF-250 é uma questão de salvar vidas e melhorar a mobilidade da população”, comenta.

 

O diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem do DF (DER/DF), Fauzi Nacfur, reforça que com a duplicação, o trânsito ficará mais organizado. “A DF-250 margeia o Itapoã e todos os acesso da cidade. Há pontos de entroncamentos, retenção e acidentes. As pessoas gastam cerca de quarenta minutos para andar um trecho de cinco quilômetros”, informa.

 

Marcus Cotrim, administrador do Itapoã, ressalta que a obra vai atender também a zona rural da região administrativa. ”Há vários condomínios que serão beneficiados, além de outras cidades próximas daqui. O fluxo de veículos vai melhorar muito”, destaca o responsável pela cidade.

 

“Graças ao empenho do governador Ibaneis Rocha e os órgãos do Poder Executivo local, a duplicação da DF-250 finalmente sairá do papel”, concorda o administrador do Paranoá, Sérgio Damasceno. “Durante a minha carreira como bombeiro militar, vi várias famílias perderem seus parentes nesta via por causa de acidentes. Com certeza é um momento histórico para a população”, finaliza.

 

Obra

 

A abertura das propostas, na modalidade de concorrência por menor preço, está prevista para 12 de março, às 10 horas. Depois que receber a ordem de serviço, a empresa selecionada e habilitada terá seis meses para executar a obra.

Entre os trabalhos a serem feitos estão terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização horizontal e vertical e obras complementares sob a coordenação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500