Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/12/13 às 18h58 - Atualizado em 1/11/18 às 16h30

DER realiza operações de fiscalização em caminhões

A operação aconteceu em três rodovias de grande fluxo e teve foco nos tacógrafos

 

 

Brasília, 18 de dezembro de 2013 – Algumas rodovias distritais, como a Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA), a Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) e a Estrada Parque Ceilândia (EPCL – Estrutural), fazem ligação com importantes rodovias federais do Brasil, como as BR’s 020, 040, 060 e 070.

 

Tendo em vista que estas vias partem da capital federal e vão ao extremo do país, que por elas passam milhares de caminhões em direção aos grandes centros comerciais e que muitos deles estão circulando em mau estado de conservação, o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), primando pela segurança viária, realiza constantemente operações de fiscalização.

 

Apesar de ser comum a iluminação deficiente (farol, seta e luz de freio queimados), pneus que não oferecem condições mínimas para circulação – pneus “carecas”, extintor de incêndio vencido, dentre outros, o foco desta vez foi nos tacógrafos dos caminhões.

 

Segurança

 

O cronotacógrafo é um equipamento obrigatório pouco conhecido por grande parte da população, mas que pode apontar a causa de acidentes de trânsito que envolvem veículos que o possuem.

 

É um dispositivo que registra em um disco próprio – chamado de disco diagrama – a velocidade em km/h, o tempo que o condutor está dirigindo sem parar e a distância percorrida pelo veículo. Poderá ainda, dependendo do modelo, fornecer outros tempos como: direção efetiva, disponibilidade e repouso do motorista. Ele pode ser de 24 horas, de sete ou oito dias.

 

Estão obrigados a ter esse equipamento os veículos de carga com capacidade máxima de tração superior a 19 toneladas, os de transporte e condução de escolares e os de transporte de passageiros com mais de 10 lugares. A falta dele ou se ele estiver em desacordo com o estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) é infração grave, multa de R$127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação.

 

O DER/DF, com base nessas informações, promoveu, na primeira quinzena de dezembro, 03 operações específicas de fiscalização de veículos de carga, com vistas ao cumprimento do uso do tacógrafo e à regularidade no sistema de iluminação, conforme determina o art. 105, II do Código de Trânsito Brasileiro e as resoluções do CONTRAN nº 14/98, 92/99 e 406/12.

 

As blitz aconteceram na DF-003 (EPIA), na DF-075 (EPNB) e na DF-095 (Estrutural). O saldo dessas três operações foi 109 veículos abordados e 76 autuações. Destas, 37 são de tacógrafo e 7 de sistema de iluminação. Foram recolhidos 38 documentos para realização de vistoria após regularização dos problemas detectados.

Com informações de Graziela Portela, porta-voz da SUTRAN

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500