Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/01/13 às 2h00 - Atualizado em 1/11/18 às 16h32

DER, DFTrans e DETRAN fecham o cerco contra o transporte pirata

Operação resultou em 11 veículos apreendidos e 34 autuações

Brasília, 24 de janeiro de 2014 – O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), com apoio do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) e o Departamento de Trânsito do DF (DETRAN/DF) promoveram, na manhã de hoje, uma operação conjunta para coibir o transporte irregular de passageiros na região central de Brasília.

A operação teve início às 06h e se estendeu até às 10h na Asa Norte, no Eixo Rodoviário Norte (DF 002) e no eixinho. de Auditores Fiscais do DFTrans, Agentes de Trânsito do DER/DF e Auditores Fiscais de Trânsito do DETRAN/DF estiveram presentes.

A operação resultou em 11 veículos apreendidos e 34 autuações, sendo 09 do DFTrans para transporte irregular e 25 para variadas infrações de trânsito. Destacaram-se nas apreensões um ônibus e uma van, que além das irregularidades apresentadas tinham débitos elevados com o estado, de R$10 mil e R$ 13 mil, respectivamente.

O motorista do ônibus apreendido causou tumulto ao receber ordem de parada para abordagem e ofereceu resistência, parando o veículo em seguida. Ao ter os documentos solicitados, negou-se a entregar, desacatou os agentes de trânsito, adentrou o ônibus e empreendeu fuga em alta velocidade, ameaçando carros e motos e oferecendo risco aos passageiros.

A equipe, então, realizou o acompanhamento do ônibus ao longo do eixo rodoviário e com o apoio de mais uma viatura conseguiu fechar o ônibus e forçar a parada já na altura do Buraco do Tatu, próximo à rodoviária. Nesse momento, passageiros do transporte pirata desceram, alguns passando mal, e relataram as imprudências cometidas.

O condutor foi submetido ao teste do etilômetro, que apontou que o motorista não havia ingerido bebida alcoólica, mas recebeu 16 autuações por outras infrações de trânsito do DER/DF e uma do DFTrans pelo transporte irregular de passageiros, além de ter a carteira de habilitação recolhida e o ônibus apreendido.

Com o apoio da Polícia Militar do DF, o motorista foi conduzido à delegacia para adoção dos procedimentos cabíveis. Lá, confirmaram-se as informações dos auditores fiscais do DFTrans de que o motorista já era velho conhecido, pois havia passagem por desobediência no ano de 2009.

Os passageiros do ônibus testemunharam na delegacia sobre o fato ocorrido, já que relataram não saber que se tratava de transporte pirata e que se sentiram prejudicados com a situação. Conforme relatos de uma das testemunhas cujo filho é hemofílico (doença que interfere na coagulação do sangue e cujos ferimentos podem causar hemorragia até a morte), que se encontrava dentro do ônibus, ela nunca sentiu tanto medo de perder o filho, já que um acidente poderia ser fatal para ele.

Apesar de toda a situação explanada e testemunhada na delegacia, o condutor só foi autuado, mais uma vez, por desobediência, assinou um termo circunstanciado (que é para crimes de menor relevância) e em seguida foi liberado.

 

Com informações de Graziela Portela, porta-voz da SUTRAN

 

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500