Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/06/21 às 8h16 - Atualizado em 28/06/21 às 8h35

Asfalto na DF-285 para escoar produção de grãos

Governador inaugura pavimentação de 13,5 km da rodovia, que custou R$ 20,6 mi. Mais de 5 mil motoristas e produtores rurais do PAD-DF são beneficiados

 

Além de facilitar o escoamento da produção de grãos, a pavimentação da DF-285 contribui para a fluidez do tráfego no anel viário, desafogando, assim, o trânsito em Brasília | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

Circular pela DF-285, no Paranoá, está mais seguro e confortável. Na última sexta-feira (25), o Governo do Distrito Federal (GDF) entregou obra de pavimentação da via, beneficiando mais de cinco mil condutores e moradores da região do Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD/DF), além de pessoas e produtores de cidades goianas e mineiras próximas à rodovia.

 

A obra contou com investimento de R$ 20,6 milhões, recursos que foram aplicados na pavimentação de duas faixas de rolamento numa extensão de 13,5 km na região do PAD-DF, entre o final do trecho de 6,5 km, já anteriormente asfaltado, até o entroncamento com a DF-100. A intervenção compreendeu também a construção de acostamento e sinalizações horizontal e vertical. Foram gerados mais de 100 empregos para a execução do serviço.

 

Além dos produtores rurais da região do PAD/DF, a pavimentação da DF-285 atinge ainda diretamente produtores das cidades de Unaí, em Goiás; e Cabeceira Grande, Buriti de Minas e Palmital, em Minas Gerais, que também utilizam a via para escoar a produção agrícola. A região é a principal produtora de grãos do DF. Cerca de 40% da produção local vem de lá. São mais de 180 mil toneladas, por ano, de produtos como feijão, café, milho, trigo e soja. Só de sorgo são 18 mil toneladas, o que equivale a 62,33% de todo o cultivo do grão no DF.

 

“A vida rural não é fácil. Essas pessoas estão a 100 quilômetros do DF e estavam esquecidas, mas a era do esquecimento acabou. Nós fizemos essa pavimentação, vamos fazer o projeto Caminho das Escolas, o circuito dos vinhos no DF, a regularização fundiária e muito mais”, destacou o governador Ibaneis Rocha durante a inauguração da pavimentação.

 

O chefe do Executivo solicitou a finalização dos nove quilômetros restantes da DF-285 e a pavimentação das ruas das comunidades que cruzam a rodovia.

 

Administrador do Paranoá, Serginho Damasceno destaca que a cidade “tem o maior número de comunidades rurais do DF. São 33, então essa obra é de fundamental importância, pois era reivindicada havia muitos anos. Ela traz saúde, porque acaba a questão da poeira, e também atende os moradores da região”, pontua.

 

“A DF-285 é um escoadouro de riquezas. A pavimentação dela é um sonho de nossos pais e avós, que esperaram por mais de 30 anos. O sentimento é de gratidão”, agradece o produtor, Luiz Ângelo Capelesso.

 

Produtividade e qualidade

 

Com 170 associados e desenvolvendo um trabalho que já é referência em produtividade e qualidade de grãos no Brasil, a Cooperativa Agropecuária do DF (Coopa/DF) abriga também produtores de Goiás e de Minas Gerais, vizinhos que dependem de melhorias nas rodovias, como a DF-285.

 

“Essa estrada tem uma importância muito grande para o escoamento de grãos, como soja, milho e feijão, mas ela também é bastante utilizada por produtores de hortaliças. Uma estrada sem poeira melhora a qualidade dos alimentos entregues”, enfatiza o presidente da Coopa/DF, José Guilherme Brenner.

 

O produtor de grãos, Leandro Luís Maldaner, conhece bem a DF-285. Ele é dono das chácaras 109/1 e 109/2, totalizando 55 hectares, 39 deles irrigadas com pivô, o que permite a produção o ano inteiro. Além disso, o agricultor tem uma propriedade em Palmital, município mineiro que faz divisa com o Distrito Federal. “Eu passo na rodovia todos os dias. O movimento de caminhões é intenso e a rodovia estava horrível”, disse Leandro.

 

Hoje, Leandro, 47 anos, se entusiasma com a melhoria da via, que faz parte de sua rotina diária. “A pavimentação significa menos poeira, buracos, caminhões quebrados e acidentes. Até para pagar o transporte é melhor. Quando a estrada já está arrumada, o frete é bem mais em conta”, explicou o produtor.

 

Fluidez do trânsito no anel viário

 

A pavimentação da DF-285 dá um novo status para o transporte e escoamento da produção rural do DF e cidades vizinhas, segundo Fauzi Nacfur Júnior, diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER). “Essa obra tem uma importância imensa por estar localizada em uma área que é forte na produção agrícola. Ela vai dar muita segurança e conforto para aqueles que precisam escoar seus produtos”, disse Fauzi Nacfur Júnior.

 

O diretor-geral do DER destaca também que a pavimentação da DF-285 contribui para a fluidez do tráfego no anel viário, desafogando, assim, o trânsito em Brasília. “Essa é uma estrada alternativa que permite que os condutores que vêm de outras localidades possam seguir no sentido Sul/Norte ou Norte/Sul, sem entrar em Brasília”, explicou.

 

Fauzi explicou também que foi inaugurado o primeiro acesso do programa Caminho das Escolas, na Escola Classe Núcleo Rural Jardim II, com apoio da Codevasf.

 

 

Outras medidas

 

A pavimentação da DF-285 não é a única medida do governo para os moradores do PAD-DF em 2021. O GDF já entregou a concessão de crédito por meio do Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR) no valor de R$ 500 mil; recolhimento de declaração de vacinação contra febre aftosa e raiva; entregou concessões de Uso de Imóvel Rural (CDUs); e o trabalho pioneiro de compartimentação sanitária da suinocultura no país e em toda a América Latina. Sendo que esta última ação ocorreu em parceria junto à Granja Miunça, pertencente à Hartos Agropecuária Cenci.

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500