Governo do Distrito Federal
10/10/22 às 12h09 - Atualizado em 10/10/22 às 12h15

Águas Claras ganha terceira saída com investimento de R$ 12 milhões

COMPARTILHAR

As duas pistas vão ligar a Rua das Carnaúbas e a EPTG, beneficiando 150 mil pessoas que transitam pela região administrativa

 

Também já em construção, a galeria de águas pluviais ligará as pistas que vêm da EPTG até a Rua das Carnaúbas | Fotos: Renato Araújo/Agência Brasília

 

Brasília, 15 de setembro de 2022 – Com objetivo de desafogar o trânsito de Águas Claras, dando mais conforto aos moradores, a cidade ganha uma nova opção de saída e entrada de veículos. Uma via vai interligar a Rua das Carnaúbas e a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) nos dois sentidos, com duas pistas com duas faixas de rolamento cada, retorno, uma ciclovia e uma galeria de águas pluviais. O investimento é de R$ 12 milhões.

 

Já foram construídos dois quilômetros de pavimento das duas pistas, saindo da EPTG até o ponto onde passa o Córrego Águas Claras, que nasce no Parque Ecológico Águas Claras, com meio-fio. Antes foram feitas as partes de drenagem, com escavação e colocação de manilhas. Toda essa etapa foi executada e financiada por meio de uma compensação habitacional pela Construtora Direcional, que investiu R$ 8 milhões.

 

A segunda etapa, também em execução, é a construção da galeria de águas pluviais, que vai ligar as pistas que vêm da EPTG até a Rua das Carnaúbas passando por cima do córrego com uma extensão de 38 metros. São três linhas reunindo 114 módulos de galerias. Após o término, serão feitas a base, a estrutura de pavimento, a capa asfáltica, o sistema de drenagem e a sinalização.

 

Originalmente, essa parte da ligação seria feita por uma ponte. “Quando foi projetada, tínhamos intenção de fazer uma ponte. O que não foi necessário. Estamos fazendo uma obra direta, com um terço do preço. Vai ser mais rápido para que a gente possa concluir e entregar a população totalmente concluída”, afirma o secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo.

 

A solução técnica foi encontrada pelo Departamento de Estrada de Rodagens (DER-DF), responsável pela obra, com aprovação do Instituto Brasília Ambiental, que cuida da área que contorna o Parque Ecológico. “A galeria substitui a ponte. É a mesma utilidade, com um custo mais barato e mais agilidade. Estaremos entregando à comunidade essa importante obra para ser utilizada ainda este ano”, afirma o superintendente do DER, Cristiano Cavalcante.

 

A construção da galeria vai dar agilidade à obra, além de vazão ao córrego, seguindo as recomendações ambientais que a região exige. O investimento é de R$ 4 milhões do próprio DER.

 

Além disso, a obra prevê duas passagens de fauna com tubulações por onde passarão os animais pedestres e uma travessia aérea para primatas. “São os faunodutos. Nós temos uma linha de tubo de 1,5 metro do lado da EPTG e outra do lado de Águas Claras. Vai ser contemplada a passagem dos animais com segurança para não ter risco de atropelamento e de morte de nenhum animal”, completa Cavalcante.

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DER

SAM Bloco C - Setor Complementares - Ed. Sede do DER/DF - CEP: 70.620.030 Telefone Geral: 3111-5500